vinte dois do dois

bom dia. 22/02/2021. mais uma semana começando e com uma sequência de números dois na data. sabe o que isso signfica? nada. quem faz sua sorte é você. pegue seu café e vamos começar.

Mais de 200 milhões de doses já foram aplicadas em mais de 92 países 🌎

MUNDO

A maior campanha de vacinação do mundo está em andamento. Até agora, mais de 204 milhões de doses foram administradas e 92 países — menos de 50% do total de 193 — contam com, ao menos, uma das sete vacinas disponíveis para uso.

Recentemente, chegamos a uma taxa interessante de 6,5 milhões de doses da vacina aplicadas por dia no mundo e temos um novo líder no ranking absoluto de vacinas: Estados Unidos.

Anthony Fauci, o maior especialista em doenças infecciosas nos Estados Unidos e do mundo, disse que vacinar de 70% a 85% da população dos Estados Unidos permitiria o retorno à normalidade. Seriam necessários mais 10 meses para atingir o milestone.

Se aplicarmos a lógica a uma escala global, precisaríamos de 4,8 anos para atingir um nível significativo de imunidade no mundo todo. No entanto, a taxa de vacinas por dia está aumentando rapidamente e novas vacinas podem estar disponíveis em breve.

Outra análise interessante: o número de vacinados a cada 100 pessoas. Aqui está o ranking:

  1. 🇮🇱 Israel (82,4)

  2. 🇦🇪 Emirados Árabes Unidos (55,3)

  3. 🇬🇧 Reino Unido (25,7)

  4. 🇺🇸 Estados Unidos (17,8)

  5. 🇨🇱 Chile (15)

E o Brasil? 🇧🇷 O país tem a média de 3,1 vacinados para cada 100 habitantes e está se saindo melhor que a China (2,82).

O que mais é destaque pelo mundo?

Tudo que você precisa saber sobre a troca de presidente da Petrobras

BRASIL + ECONOMIA

Se você acompanhou algum noticiário no final de semana, deve ter se deparado com as notícias sobre a Petrobras. Aqui, como de costume, está tudo que você precisa saber sobre isso.

Antes de mais nada, é importante se lembrar que já faz algumas semanas que o aumento do combustível vem sendo pauta de discussão no governo, no mercado e, claro, aqui no the news.

Recap

  1. O mês de fevereiro começou com a ameaça da greve dos caminhoneiros, em decorrência do aumento dos preços do combustível — especialmente o Diesel, que interfere mais diretamente na categoria.

    • No final das contas, a greve não aconteceu, mas o combustível continuou subindo e teve um novo aumento no dia 12 de fevereiro. Explicamos tudo aqui.

  2. Na última quinta-feira, a Petrobras anunciou o quarto reajuste do ano, aumentando o diesel em mais 15,2% e a gasolina em 10,2%. Importante: Neste ano, a gasolina acumula alta de 34% e o diesel, de 27%. Clique para ler sobre o aumento.

  3. Bolsonaro então, que já havia sinalizado que modificaria a tributação do combustível, zerou os impostos federais incidindo sobre o preço do óleo diesel e afirmou que o reajuste era "excessivo" e que haveria consequências.

  4. O chefe da estatal, Roberto Castello Branco, do outro lado, disse não ter nada a ver com os caminhoneiros e reforçou a posição da empresa, afirmando que os valores acompanham as variações do petróleo no mercado internacional e da taxa de câmbio (dólar).

  5. No fim do dia de sexta-feira, Bolsonaro cumpriu sua palavra — “alguma coisa vai acontecer na Petrobras nos próximos dias” — e publicou em seu Twitter a substituição do presidente da Petrobras e a nomeação de Joaquim Silva e Luna, um general aposentado, como o novo chefe da companhia.

Resultado: A Petrobras, maior empresa estatal de economia mista do país, listada na bolsa de valores e que possui a União — uma pessoa jurídica de direito público — como sua principal acionista e controladora, perdeu mais de R$ 28 bilhões de valor de mercado só na sexta-feira e pode perder ainda mais nessa segunda-feira.

Por quê? Sugerir a troca do presidente de uma companhia como a Petrobras manda um recado aparentemente negativo e de cautela para os milhões de acionistas minoritários aqui e lá fora, que poderiam investir mais dinheiro em nosso país. Ainda mais tendo sido feita como foi, bruta e de repente.

  • Um princípio importante e que fornece segurança a qualquer investidor consiste na intervenção mínima do governo na economia, já que as leis do mercado é que deveriam prevalecer na dinâmica de preços e demais elementos dessa cadeia.

Importante dizer que, formalmente, a indicação ainda precisa passar pela aprovação do Conselho de Administração da estatal, que está marcada para amanhã.

Tecnicamente falando…

Joaquim Silva e Luna está no comando da hidrelétrica de Itaipu desde janeiro de 2019 e tem pós-graduação pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército e pela Universidade de Brasília.

Uma curiosidade: A Petrobras completará 68 anos em 2021 e terá seu 39º CEO — ou um chefe a cada 18 meses, aproximadamente. Cabe a você tirar suas próprias conclusões…

O que mais é relevante por aqui?

Quem não tem cão, caça com porcos

TECNOLOGIA

Quando várias sanções dos EUA, a maior economia do mundo, atingem em cheio a venda de seus smartphones, não há o que ser feito além de procurar outro mercado.

  • Pelo que tudo indica, a escolha da Huawei — uma multinacional chinesa de tecnologia — foi apostar na Inteligência Artificial aplicada à criação de porcos.

Como assim? Isso vai ser novidade para você… Reconhecimento facial nos porquinhos. A ideia é que a tecnologia ajude os criadores de suínos a rastrearem os animais individualmente, monitorando seus sinais vitais, além de peso e alimentação. Quase um BBB suíno. risos.

Segundo um porta-voz da Huawei, a novidade é apenas mais um exemplo do que a empresa está tentando fazer para revolucionar indústrias tradicionais como essa e ajudá-las a criar ainda mais valor na era do 5G.

O porquê de atirar para esse mercado: com o medo de que a empresa compartilhasse os dados dos usuários com o governo chinês, as sanções americanas fizeram as vendas de smartphones da Huawei caírem 40% no 4T de 2020.

E sabe o que é pior? A companhia chinesa espera que os pedidos diminuam mais 60% nesse ano. Dá-lhe porco…

O que mais é destaque em tecnologia?

Lojas Americans e B2W analisam possível fusão

NEGÓCIOS

No início da noite de sexta-feira, depois do fechamento do mercado — para deixar os investidores pensando durante o final de semana — a Lojas Americanas anunciou uma possível fusão com a B2W.

De onde veio a ideia? Nos últimos tempos, os principais rivais do varejo — Magazine Luiza e Mercado Livre, por exemplo — cresceram bem mais rápido e deixaram a B2W comendo poeira. O motivo foi algo que a B2W não tem, mas agora pode ter: integração completa de seus negócios.

O mercado e a sociedade nos dão pistas de que o mundo físico e o digital precisam ser carne e unha, com operações conjuntas. Apesar de a Lojas Americanas ter mais de 1,7 mil lojas espalhadas pelo país, a B2W não aproveitava esse braço físico.

A chegada da Amazon tem feito o coração dos varejistas brasileiros bater mais rápido. Ao unir — efetivamente — suas operações, as duas varejistas fazem frente a Bezos e outras empresas que disputam o e-commerce brasileiro.

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos uma newsletter gratuita e diária, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06. É gratuito e só clicar no botão abaixo.


Gostaria de anunciar conosco? 
Clique aqui.

Até amanhã, às 06:06

Sempre chegamos a sua caixa de entrada por volta das 06:06. Alguns servidores de e-mail são teimosos e atrasam… Outros são piores ainda e nos jogam para o spam e/ ou promoções. Sempre que não nos encontrar na caixa de entrada, procure nessas duas.