videogame

bom dia. no final das contas, a vida é como um eterno jogo do mario bros... pra passar de nível, precisamos superar dragões, tartarugas e tijolos. se é pra ficar na mesma fase, melhor parar de jogar.

China aposta em moeda digital e cidade vai distribuí-la para população

MUNDO

O mundo é realmente bem maior que pensamos. A China então, nem se fale… Suzhou, uma cidade chinesa de aproximadamente 10 milhões de habitantes, está executando um dos planos globais de maior ambição para transformação do dinheiro como conhecemos.

Como assim? A cidade está investindo em uma moeda digital, literalmente. A prefeitura anunciou recentemente que pretende doar 30 milhões de yuans — ou cerca de US$ 5 milhões — por meio de um sorteio para a população.

A ideia é distribuir 150 mil envelopes vermelhos, no valor de 200 yuans (US$ 31,00 dólares) cada, que poderão ser gastos entre amanhã e o dia 26 de fevereiro, em um site específico e em alguns estabelecimentos offline selecionados.

Contexto… Em dezembro do ano passado, a cidade já havia doado cerca de US$ 3 milhões para a população, na tentativa de tornar a moeda digital oficial do Banco Central da China cada vez mais utilizada pelas pessoas.

  • O yuan digital tem como objetivo reduzir os custos com a impressão das cédulas tradicionais e dar mais controle do sistema financeiro ao banco central chinês.

A relevância… Não que seja rápido, mas em um mundo cada vez mais conectado e com a China despontando como uma potência global, podemos ser influenciados pela pequena cidade de Suzhou.

Há ainda quem acredite que a adoção generalizada da moeda poderia ajudar o país a quebrar o monopólio do dólar e aumentar a força da China como um todo.

O que mais é destaque pelo mundo?

Preço da gasolina continua aumentando no Brasil

BRASIL

Direto ao ponto. A Petrobras anunciou um aumento de cerca de 8% no preço da gasolina a ser vendida pelas refinarias para as distribuidoras e, com isso, o preço médio do litro do combustível subiu R$ 0,17. A partir de amanhã, ele passará a custar R$ 2,25.

Pode até ser que você esteja se perguntando o que isso muda na sua vida e essa é uma boa pergunta. Saber por saber que o preço da gasolina está aumentando pode ser pouco útil na prática. Entender o motivo pode ser legal.

Se quer entender, continue lendo…

Antes de mais nada, é importante saber que trata-se do preço do combustível como um todo e isso envolve mais que a tradicional gasolina em si. O aumento acontece também no óleo diesel e do GLP, o gás de botijão.

Qual o motivo? Vamos lá. Como o diesel e a gasolina vêm do petróleo — que tem seu preço diretamente influenciado pelo dólar — , a flutuação do preço do barril no mercado internacional afeta o custo final dos combustíveis no Brasil.

Como o dólar é uma moeda internacional, seu parâmetro em nosso país é o real. Se nossa moeda está fraca e o dólar sobe, o preço do barril de petróleo do tipo Brent, uma referência internacional, tende a aumentar e é isso que tem acontecido desde dezembro de 2020 (+8%).

A justificativa da Petrobrás foi exatamente a esperada: “Nossos valores acompanham as variações do produto no mercado internacional e da taxa de câmbio”.

Mas e na prática, o que muda? Nas bombas, com todos os outros encargos, é provável que o preço suba 5,5% e fique mais caro para o consumidor final.

Se você imaginar quantas coisas dependem de transporte para acontecer, você pode ter uma ideia do motivo pelo qual o preço da cenoura que você vai comprar no supermercado pode ficar mais caro. Não é só sobre encher o seu tanque… Tudo está conectado e ter essa visão é importante.

No momento, há controvérsias sobre o ajuste de preços praticado pela Petrobrás, o que fez com quem as ações da companhia caíssem bastante na Bolsa de Valores ontem. Tudo bem que essa seção pareceu mais complexa que o normal, mas é importante saber tudo isso.

Por último… Jair Bolsonaro acenou com a possibilidade de mudar a forma de cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) pelos Estados para amenizar a alta dos combustíveis.

O que mais é relevante no Brasil?

A iniciativa privada toma frente mais uma vez

NEGÓCIOS

Se em março de 2020, a pergunta era: “quando voltaremos à normalidade?”, hoje, nos questionamos quando estaremos todos vacinados. Se depender de Luiza Trajano, até setembro.

O que é: trata-se de um projeto que busca facilitar a distribuição das vacinas contra a COVID-19, tendo como objetivo a imunização completa até setembro. O movimento é coordenado pelo Grupo Mulheres do Brasil, com mais de 75 mil participantes

Como o Unidos Pela Vacina pode ajudar? A ideia é apoiar o SUS com soluções de logística — que o varejo entende muito bem — e compra de insumos, como seringas e agulhas. 

Além disso, o movimento vai investir em uma campanha publicitária veiculada em todo país para diminuir a resistência à vacina e, depois, mostrar o que deve ser feito para tomá-la. Segundo um microbiologista da USP, no ritmo atual, o país levaria mais de quatro anos para imunizar toda a população.

Entidades como a Federação Nacional dos Bancos e o publicitário Nizan Guanaes já anunciaram apoio à empreendedora. Você nos inspira, Luiza.

O gostinho de liberdade não durou muito

TECNOLOGIA

Desde o final da última semana, só se fala em uma coisa: Clubhouse. A rede social do momento — fizemos uma análise aqui, é só clicar — vivencia seus dias de glória ao redor de todo mundo, até mesmo no lugar mais improvável: a China.

Mas, por que improvável? Vários meios de comunicação são censurados pelo governo chinês, inclusive o Facebook e o Twitter, que estão atualmente bloqueados.

No final das contas, o Clubhouse é uma rede para conversas e discussões. Pode-se falar sobre qualquer coisa, inclusive sobre o genocídio muçulmano na região de Xinjiang, os protestos em Hong Kong ou a independência de Taiwan… Todos esses tópicos têm algo em comum: o Partido Comunista Chinês preferiria que não fossem discutidos.

  • Apesar do raro momento de liberdade de expressão na China, a festa não durou muito. Ontem, milhares de usuários relataram que o aplicativo ficou fora do ar ou até mesmo “desligado”.

Mais de 100 mil usuários do Weibo, uma rede social muito popular no país, viram posts com a hashtag #ClubhouseBlocked nessa segunda-feira. Depois, essas postagens desapareceram.

Se está se lamentando por não ter recebido um convite, agradeça pela possibilidade de, pelo menos, receber um. Complicado…

O que mais é destaque no mundo da tecnologia?

Elon Musk S2 Bitcoin

ECONOMIA

A notícia era de tecnologia, mas virou de economia. Ontem, a Tesla, montadora de carros elétricos de Elon Musk, informou que investiu US$ 1,5 bilhão em Bitcoin. Segundo a empresa, os motivos foram dois:

  1. Ter mais flexibilidade para diversificação e maximizar os retornos sobre caixa;

  2. A companhia vai começar a aceitar bitcoins como forma de pagamento por seus veículos.

Com o aporte, a empresa terá uma (ótima) liquidez no ativo para quando começar a receber pagamentos com a criptomoeda. De modo geral, a notícia mostrou, acima de tudo, que o Bitcoin tem o selo de qualidade de Elon Musk.

E aí? Depois da notícia, o Bitcoin disparou 15%, chegando a valer 44 mil dólares e renovando sua máxima histórica. No Brasil, no início da tarde, a criptomoeda era cotada a R$ 232.560. Imagina se ele disser que lê o the news…

Além da Tesla, outros investidores institucionais já compravam bitcoins desde o ano passado, como a MicroStrategy e o fundo Grayscale.

Para alguns economistas, a alta da moeda se deve à preocupação de alguns investidores com a inflação e a dominância do dólar no longo prazo. Com isso, enxergam na moeda uma reserva de valor no longo prazo.

O que mais você precisa saber?

the news 📬

Mais inteligente em 5 minutos. Somos uma newsletter gratuita e diária, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem.

Direto na sua caixa de entrada do e-mail favorito, sempre às 06:06É gratuito e só clicar no botão abaixo.

Gostaria de anunciar conosco? Clique aqui.

Até amanhã, às 06:06

Sempre chegamos em sua caixa de entrada, por volta das 06:06. Alguns servidores de e-mail são teimosos e atrasam… Outros são piores ainda e nos jogam para o spam e/ ou promoções. Sempre que não nos encontrar na caixa de entrada, procure nessas duas.