só pra esclarecer

bom dia. matéria é matéria e anúncio é anúncio. a gente só anuncia quando existe a palavra anúncio e todos os nossos são de empresas que admiramos e respeitamos. boa sexta.

Recorde na criação de empregos

BRASIL

Os dados são do mês de outubro, mas chegaram ontem. Nessa quinta-feira, o Ministério da Economia informou que 394 mil novos empregos formais foram criados em outubro, o maior número desde o início da série histórica do Caged — Cadastro Geral de Empregados e Desempregados.

O que é, de fato, a geração de empregos? É a diferença entre as contratações e as demissões. Em outubro, foram 1.548.628 contratações e 1.153.639 demissões. Pode pegar a calculadora e conferir.

  • Esse foi o 4º mês consecutivo em que a diferença foi positiva, mais um bom sinal da recuperação econômica.

Hora de ver o copo meio vazio: apesar do recorde, o Brasil ainda não recuperou os empregos perdidos na fase mais aguda da pandemia.

Mas o copo vai encher… Paulo Guedes, ministro da Economia, disse que o país pode reverter o déficit até o fim do ano. Afinal, ainda faltam dados de 2 meses, novembro e dezembro.

Segundo o Ministério, o que ajudou a evitar a perda de mais vagas de trabalho em 2020 foi o programa de manutenção do emprego, que permite a suspensão do contrato de trabalho e a redução de jornada. 

O que mais foi destaque no país?

Enfim, chegou a Black Friday

TECNOLOGIA + NEGÓCIOS

Como as coisas mudam no período de um ano. Em 2019, os noticiários de hoje estariam reportando a mudança dos horários das lojas durante o final de semana, com períodos estendidos, e milhares estariam prestes a se aglomerar nos shoppings.

  • Aliás, até essa palavra, aglomeração, era pouco utilizada pela maioria no ano passado e olhar pra foto da matéria até assusta um pouco.

O que não mudou tanto foi o desejo de consumo dos brasileiros que, depois de um ano peculiar, querem aproveitar a data para trocarem tablets e leitores digitais — até então nem sabíamos que existiam outros além do Kindle — computadores e artigos para animaizinhos de estimação.

Em relação ao ano passado, esses itens estão entre os termos que mais cresceram em pesquisas relacionadas à Black Friday no Google nas últimas semanas.

Qual a expectativa do ano?

10 anos depois da “adesão” da data comercial aqui no Brasil, a previsão da Black Friday deste ano é que as vendas online cresçam 77% em comparação com 2019, que movimentou R$ 3,2 bilhões.

Forçadas a ficar em casa, mais pessoas aderiram ao mundo online para realizarem suas compras — só no primeiro semestre, as vendas no e-commerce cresceram 145% — o que aumenta a confiabilidade para novas ofertas e, claro, se “bancarizaram” em decorrência do auxílio emergencial.

No físico, a previsão é que as lojas tenham um crescimento de apenas 1,1%. Nos tradicionais Shopping Centers, a estimativa é queda de 4% nas vendas.

  • Apostando contra a mesa, a Americanas está mantendo 1.500 de suas lojas abertas por 24 horas, ao contrário das concorrentes, na “Red Week”. Boa ideia?

Já no digital… Se você abriu o YouTube ontem, você deve ter visto alguma live com venda de produtos. Várias varejistas investiram forte nisso. A Magalu, por exemplo, realizou uma super live com apresentação de Luciano Huck e shows de Anitta e Dilsinho, com transmissão até do Multishow, naquele bom e “velho” estilo QR Code e live shopping.

Muitas ofertas ainda estão valendo e você pode conferir no site deles e nos demais varejistas que você achar interessante.

Desafio: não há nada mais brasileiro que criar variações para o nome Black Friday. Conte quantas variações nominais da data você consegue encontrar por aí. risos.

Tem algo pior que comemorar um gol impedido?

MUNDO

Dessa vez o gol foi o resultado da vacina de Oxford. A AstraZeneca, farmacêutica responsável pelo imunizante em parceria com a universidade britânica, informou ontem que terá que fazer um segundo ensaio global para avaliar a eficácia da vacina.

Se não está fresco na memória, na segunda-feira, os resultados preliminares indicaram que a vacina de Oxford poderia ser até 90% eficaz contra a COVID-19.

Por que fazer outro ensaio? Bem… Um erro de dosagem fez com que cerca de 2.700 participantes recebessem uma dose com apenas metade da força, seguida por uma dose com força total. Assim, não é possível dizer qual a eficácia real da vacina.

  • Nesse grupo, a taxa de eficácia foi de 90%, maior que naqueles que receberam duas doses completas, de 62%. Parece irônico, mas foi o que aconteceu.

Além disso, no grupo que recebeu apenas a meia dose inicial, ninguém tinha mais de 55 anos. Esse é outro fator questionado.

Visão macro: além da AstraZeneca, tanto a Moderna quanto a Pfizer já apresentaram seus resultados preliminares, mas nenhuma foi autorizada para uso emergencial até agora. A comunidade científica cobra transparência e dados mais completos.

Além do Thanksgiving canadense ter sido celebrado em outubro, o que mais é destaque no cenário mundial?

Equilíbrio sempre

ECONOMIA

Como está seu controle emocional? Se for estável e com surtos esporádicos, vamos classificá-lo como “praticamente estável”. Assim fechou o Ibovespa ontem.

Faltou emoção… Por que? Os dados de emprego foram fortes, como você viu na seção BRASIL, mas alguns investidores resolveram vender suas ações, depois de 3 altas consecutivas. Esse fenômeno se chama “realização de ganhos” e muito comum.

Além disso, os investidores gringos estavam de folga. Com o Thanksgiving, deixamos de ser guiados pelos EUA, o que reduziu a liquidez da Bolsa brasileira.

Falando neles, o dólar: a moeda americana subiu 0,28%, cotada a R$ 5,33.

O que mais você precisa saber economicamente falando?

Elas chegaram…

DICAS DO FINAL DE SEMANA

Toda sexta-feira é dia de dicas para o seu final de semana. Essa seção começou pensando em entreter nossos leitores durante a quarentena, em casa, mas se tornou a parte favorita de muita gente. Por isso, continuamos… Pois bem, elas chegaram.

  1. Pra começar com valor hoje — e muito valor — aqui vai um TEDx brasileiro (talvez um dos poucos que indicamos) que é pra lá de marcante. Sem forçar a barra, give it a chance. É simplesmente espetacular. Clique para ver. 📽️

  2. Para o cineminha do final de semana, a teoria hoje é: classic never gets old. Vamos de Seven — Os Sete Crimes Capitais. Argumento? Confia (o maior argumento do século. risos). 🍿

  3. Para ler… “O Ego é seu inimigo” de Ryan Holliday, que até o momento em que escrevemos está em oferta por R$ 19,90 (R$ 20,00 OFF) na Amazon. Enjoy. 📚

  4. Aos que buscam entender mais sobre como desenvolver e aplicar inovação dentro de grandes empresas, aqui está o maior evento de inovação corporativa do Brasil. 100% online e gratuito, que acontece hoje e amanhã. É só clicar. 💠

  5. Por último e não menos importante, três belas opções de Jack and Coke para combinar com o que você bem entender no final de semana. 🥃

the news 📬

Somos uma newsletter gratuita e diária, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado. 

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem — exceto na sexta-feira, que é mais informal. risos.