hangover

bom dia. curtiu o feriado? uns estão de ressaca, enquanto outros estão revigorados. independente do seu caso, a terça vai ter cara de segunda e o café deve ser sem açúcar. dizem que é bom pra rebater.

O Facebook realmente está pagando usuários para deletarem o aplicativo

MUNDO

Talvez você se lembre que na semana passada um dos destaques em tecnologia foi similar ao título dessa matéria. Até então, não havia um pronunciamento oficial do Facebook sobre o tópico, muitos americanos duvidaram e é exatamente por isso que esse assunto voltou à tona.

Por que é relevante? Há dois anos, foi constatado o vazamento de dados de milhares de usuários, que foram utilizados pela Cambridge Analytica e supostamente influenciou as últimas eleições. Desde então, a conduta da empresa é questionada por grande parte da população e a postura do Facebook diante das eleições de 2020 era aguardada.

Na época, Mark foi ao Congresso para depor enquanto a campanha #DeleteFacebook circulava pelo mundo todo e o incidente foi considerado um dos maiores escândalos da plataforma até então. O filme no Netflix sobre o tema é bem interessante.

Além de não permitir nenhum tipo de anúncio político na semana que antecede as eleições (3 de Novembro), a empresa pagará a alguns usuários — não se sabe qual o critério de seleção ou recrutamento — para não usarem o Facebook e nem Instagram de meados de setembro até o fim das eleições como parte de um estudo.

Para ficar de olho: Apesar de não sabermos ao certo as hipósteses específicas que o estudo quer validar, os resultados devem ser interessantes e podem influenciar outras eleições pelo mundo, pois a plataforma é global. O plano é que o research seja publicado até o primeiro semestre de 2021.

Perdemos a medalha de prata  

CORONAVÍRUS

Ontem pela manhã, a Índia registrou 4,2 milhões de casos de COVID-19. Com isso, o país asiático ultrapassou o Brasil, tornado-se o 2º com mais infecções registradas.

  • Só no domingo, foram mais 90.000 casos — um recorde global. Em apenas 13 dias a Índia passou de 3 para 4 milhões de casos.

  • O que alivia a situação indiana é sua taxa de letalidade, de 1,7%. Para se ter uma ideia, a taxa americana é de 3% e a brasileira, de 3,1%.

Qual o motivo do aumento de casos? O mesmo que levou os brasileiros às praias nesse feriado: a fadiga comportamental. Esse é um nome chique para o cansaço das pessoas em seguir as medidas de segurança e usar máscaras.

Se você se sente aliviado quando alguém fracassa mais do que você, lembre-se que a população da Índia é cerca de 6 vezes maior que a nossa.

Mas, e a COVID-19 por aqui?

Boas notícias:

  1. Mais uma vez, a média móvel de mortes no Brasil varia de -17%. Isso coloca a situação do país como em queda. As 310 mortes registradas ontem representam o menor número em quatro meses.

  2. Já em relação aos casos, a variação da média móvel é de -10%, sendo registrados 33.814 por dia.

É hora de agradecer e fazer mais um pedido: que não vejamos um aumento de casos depois do movimentado feriado da independência. Amém?

O que mais é destaque no país hoje?

Quando o problema do negócio é o que o faz ter sucesso

TECNOLOGIA

Microsoft, Amazon, Oracle… As três são candidatas a comprar as operações do TikTok nos EUA, desde que Trump ameaçou bani-lo no país. No entanto, será que elas vão conseguir replicar o sucesso do aplicativo sem seus algoritmos?

Explicando: o TikTok é criticado por possivelmente fornecer dados pessoais — usados pelos algoritmos — ao governo chinês. A esperança é que, assim que a empresa vender seus negócios nos EUA, os americanos estarão livres da coleta de dados.

  • Mas… O que faz o sucesso do TikTok é justamente seu algoritmo de recomendação. Através dele, cria-se de forma personalizada e assertiva a página “Para você” ou “For you”.

Quando você gosta do conteúdo, você compartilha (né?). Como o algoritmo do TikTok é altamente eficaz, os usuários adoram os vídeos e compartilham. Dessa forma, o aplicativo cresce e o resultado você conhece… Geração TikToker.

Agora, sem os tão criticados algoritmos de recomendação, treinados por seus quase 600 milhões de usuários ativos mensais, será muito difícil para qualquer comprador das operações do TikTok nos EUA manter seu sucesso.

Fica o questionamento: se os mesmos dados coletados pela ByteDance forem coletados por uma empresa americana, você estaria seguro? O que preocupa é o que você fornece ou quem retém essa informação?

O que mais você precisa saber sobre tecnologia? 

Dançar na sala não foi o suficiente

ENTRETENIMENTO

Durante a pandemia, shows drive-in e lives foram as soluções para quem era piolho de festa. Para alguns até que deu para suprir a necessidade, mas esse não é o caso dos fãs do Burning Man.

  • Burning Man é um evento de contracultura, realizado desde 1986 no Black Rock Desert, nos EUA. O festival costuma atrair mais de 80 mil pessoas anualmente.

O que os fãs fizeram, afinal?

Apesar do evento ter acontecido virtualmente na última semana, alguns acharam pouco. Multidões de pessoas se reuniram em São Francisco, violando todas as diretrizes de distanciamento social, e outras foram até o local onde o festival acontece anualmente, um deserto, para celebrar lá.

As aglomerações foram fortemente criticadas e o prefeito de São Francisco, inclusive, chamou os participantes de imprudentes e egoístas.

Sabemos que vocês sentem falta, mas não é assim… A organização por trás do festival divulgou um comunicado no domingo dizendo que embora entenda que as pessoas desejam honrar a cultura do Burning Man, elas não devem se reunir de forma insegura em grandes grupos.

As ações de tecnologia estão ou não numa bolha?

ECONOMIA

Como a Bolsa brasileira ficou fechada ontem e a americana também — devido ao Dia do Trabalho — a tecnologia invadiu essa seção. A baixa recente das ações de techs nos EUA levantou questionamentos se tratou-se de uma queda pontual ou o estourar de uma bolha.

  • Com o aumento do uso dos serviços das companhias com a quarentena, essas empresas se beneficiaram e se valorizaram muito.

No entanto, na última semana, tivemos fortes quedas. Apenas nos últimos dois pregões (quinta e sexta), veja quanto algumas companhias perderam em valor de mercado.

🍎 Apple: - US$ 178,5 bilhões;

🚀 Tesla: - US$ 27,1 bilhões;

📦 Amazon: - US$ 118,6 bilhões.

O que seria uma bolha? É um cenário onde os preços se descolam de seus fundamentos e há um frenesi para comprar ações.

Especialistas dizem que embora haja algumas ações candidatas a esse cenário — como a Tesla, que se valorizou mais de 400% no ano e vale mais do que todas as montadoras juntas — é muito difícil dizer que é a realidade de todo o setor.

  • Sem a tecnologia, outras áreas como mídia, financeiro, varejo e transportes estariam praticamente paradas. A pandemia acelerou a digitalização e as tendências tecnológicas, o que favorece o setor no longo prazo. Logo, há embasamento para a alta de muitos dos ativos de techs.

O que geralmente acontece é que, quando investidores veem altas de alguns papéis, muitas vezes se entusiasmam e começam a comprar na euforia, sem avaliar a relação “preço x valor” daquele ativo.

Se você chegou até aqui: não, infelizmente nós não temos a resposta que você gostaria. risos.

#ShareTHENEWS 📲

Se o que é bom tem que ser compartilhado, queremos ver se somos tão legais assim quanto vocês falam. Agora você pode compartilhar a nossa newsletter diretamente pelo WhatsApp.

Clicou e encaminhou para aquele seu amigo(a), colega de trabalho ou pra qualquer pessoa com quem você queira ser útil e legal.

Afinal, ninguém merece ser o único chato e informado da turma que toma café sem açúcar. Para facilitar, criamos até alguns scripts para você… Escolha o que for mais adequado e compartilhe sem moderação. Já cai direto na edição de hoje para quem recebe. É só clicar e ver a magia acontecer.

Se quiser sugerir alguma chamada (call to action) para amanhã, envie-nos por DM no @thenews.cc e todo mundo vai poder usar sua tag!

Boa terça e até semana que vem!

the news 📬 é sua newsletter gratuita e diária, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia. Esperamos que tenha se tornado mais informado e inteligente nesses 5 minutos que passou lendo o que preparamos para você!

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem. Sempre simples, sempre úteis e enviadas logo pela manhã, para que você tome nota junto com seu café (de preferência sem açúcar).

Compartilhe as notícias de hoje com os amigos, clicando no botão abaixo! Essas notícias podem fazer o dia de alguém melhor! Sempre de segunda a sexta! É só conferir seu e-mail.