girl power

bom dia. no dia do empreendedorismo feminino, nossa homenagem a todas as mulheres que empreendem. vocês transformam a sociedade e a economia do nosso país — e ainda aturam muita aberração por aí.

Descoberta interessante sobre o vírus e o update da segunda onda na Europa

MUNDO

COVID-19 ataca novamente. Na mesma semana em que o primeiro caso confirmado em Wuhan fez aniversário de um ano — o primeiro caso conhecido é datado no 17 de novembro de 2019 — uma nova descoberta sobre o coronavírus surpreende.

Segundo um estudo da Itália, há indícios de que o vírus já estava circulando na Itália desde setembro de 2019, ou seja, meses antes de o primeiro caso oficial ser detectado no país, à época, um caso local em 20 de fevereiro na Lombardia.

Só pra relembrar… A OMS suspeitou de um pneumonia “estranha” que estava acometendo várias pessoas na cidade de Wuhan, a partir de declarações da mídia local sobre os oito médicos que a polícia chinesa investigou na época, sob acusação de "espalhar boatos" relacionados a um surto viral. Se quiser se lembrar do caso, é só clicar aqui.

Por falar em Itália… A Itália registrou 34.280 novos casos ontem e 753 mortes nas últimas 24 horas. Infelizmente, o maior número diário desde o início de abril, quando o mundo foi chocado com imagens de hospitais lotados — o recorde de mortes foi de 929 no pico por lá.

A segunda onda de casos é realmente maior que a primeira, apesar de menos letal. As áreas mais afetadas estão na região norte da Lombardia, que sofreu o impacto da primeira onda, e no sul em torno de Nápoles.

Números na Europa: Foram 785 novas infecções por 100.000 pessoas nas últimas duas semanas na Itália, em comparação com 783 na França, 545 na Espanha e 505 no Reino Unido. Só para se ter uma ideia do contraste, no final de setembro, havia apenas 36,6 novas infecções por 100.000 pessoas.

Além disso, o que mais é destaque no mundo?

Coronavac desembarca em São Paulo hoje

BRASIL

Vacinas de novo por aqui. As primeiras 120 mil doses da vacina Coronavac, produzidas pelo laboratório chinês Sinovac — a qual João Dória disse que seria obrigatória — chegam ao Brasil hoje. Os imunizantes desembarcam na manhã de hoje no Aeroporto Internacional de Guarulhos, um dia antes da data prevista pelo governo de São Paulo.

  • A previsão do governo de São Paulo era vacinar os profissionais da saúde já no dia 15 de dezembro, mas a vacina ainda está na terceira fase de testes clínicos para avaliação da eficácia.

Isso significa dizer que estamos buscando o mesmo resultado da Moderna e PFizer, que anunciaram taxas de sucesso de 94,5%. O que poucos sabem é que, geralmente, uma vacina deve ser capaz de proteger sete em cada dez pessoas que a tomarem (70% de taxa de eficácia).

O que está impedindo os resultados? Até então, aproximadamente 10 mil voluntários já receberam ao menos uma das doses da vacina ou do placebo, mas a pesquisa ainda não atingiu o número mínimo de voluntários contaminados pelo SARS-COV-2. Ao todo, segundo o instituto, 13 mil pessoas devem participar dessa fase. Alguém se dispõe? risos.

O que mais é destaque no Brasil?

Uma trégua na briga Apple vs Desenvolvedores

TECNOLOGIA

Todo mundo muda e se redime, inclusive a Apple. Ontem, a Apple anunciou que reduziu de 30% para 15% sua taxa de comissão da App Store, como parte de um novo programa para pequenas empresas. A novidade chegará junto com a sua ressaca do réveillon, no dia 1º de janeiro.

Contextualizando: a Apple era criticada por suas taxas consideradas anticompetitivas e por reter grande parte dos lucros dos desenvolvedores — incluindo Spotify, Epic Games (Fortnite) e Match Group (Tinder).

O corte deve se aplicar a 98% dos desenvolvedores, que geram cerca de 5% da receita da App Store.

O CEO da Apple, Tim Cook, descreveu a mudança como uma forma de apoiar as pequenas empresas, que ele considera “a espinha dorsal da economia global e o coração da inovação”. Belas palavras...

Quem faz o café vai ganhar mais

NEGÓCIOS

A dona do café com a embalagem mais fotografada do mundo — a Starbucks — anunciou que dará um aumento de pelo menos 10% a todos os baristas, supervisores e atendentes.

  • Um representante da Starbucks disse que esse anúncio é a próxima fase da empresa em garantir o bem-estar dos seus funcionários.

Para alguns, não é o bastante… Um grupo de trabalhadores diz que o aumento não é suficiente e exige, no mínimo, US$ 15 por hora. Mais de 8.800 pessoas já assinaram uma petição com esse objetivo.

Os funcionários dizem que têm enfrentado problemas com clientes que se recusam a usar máscara, além do estresse por trabalhar frente à evolução da COVID-19.

Joe Biden concorda e considera necessário aumentar o salário mínimo federal para esse valor. A questão de quanto os trabalhadores devem receber é um tema quente para o segmento de restaurantes. Mas, com as muitas cadeiras conquistadas pelos republicanos no Senado, a probabilidade do aumento ser aprovado diminuiu.

Quarta-feira de urso

ECONOMIA

Depois de fortes altas, a quarta-feira foi dia de queda… O Ibovespa se desvalorizou 1,05%, aos 106.119 pontos ontem, pressionado pelo exterior e pelo anúncio da Fitch sobre o rating do Brasil.

  1. Na gringa, a principal notícia foi que a cidade de NY fechará escolas novamente, a partir de hoje, para evitar o aumento da transmissão do vírus. Os índices Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq caíram respectivamente 1,16%, 1,16% e 0,82%.

  2. Envolvendo mais diretamente o Brasil, a agência de classificação de risco Fitch avaliou o ratinho do Brasil mais uma vez como BB-. O alerta fica para o alto e crescente endividamento governamental, potencial de crescimento fraco e um cenário político difícil. É… até que foi uma boa definição.

Quanto às vacinas, foi a vez da Coronav: cerca de 97% dos que receberam a dose mais baixa tiveram resposta imune. A Pfizer e a BioNTech, por sua vez, concluíram a fase 3 com eficácia de 95%.

Enquanto isso, o dólar comercial subiu 0,13%, cotado a R$ 5,33.

O que mais foi destaque em economia?

Utilidade pública

Ontem recebemos uma mensagem de como o the news foi útil para uma leitora em uma reunião. O the news já foi útil pra você? Compartilhe nossa newsletter, clicando no link abaixo. Vai direto para o WhatsApp. 

the news 📬

Somos uma newsletter gratuita e diária, que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia bem e informado. 

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem — exceto na sexta-feira, que é mais informal. risos.