bom dia... (primeiro dia de outono)

não se sinta tão mal por estar preso em casa pelos próximos dias, lembre-se que o Brian Chesky fundou o AirBnB dentro de seu apartamento. Você também pode criar algo de valor nos dias de quarentena..

First things first.

MUNDO

Nos últimos dias, a ficha dos brasileiros caiu em relação ao coronavirus (muito embora alguns valentões ainda insistem em sair de casa e dizer que é só uma “gripe”) e o impacto na vida das pessoas foi imediato. Faltam produtos no supermercado e as maiores empresas do país já se mobilizaram e aderiram o homeoffice.

Segundo a OMS, o "epicentro" da pandemia mudou para a Europa com o avanço dos casos na Itália, Espanha e França. Aqui vão as principais headlines do mundo sobre o corona.

EUA: Pelo menos 39 estados já fecharam as escolas. Nevada ordenou o fechamento de todos os negócios não essenciais por 30 dias e o governador de Nova York emitiu uma ordem que exige que pelo menos 50% dos funcionários de qualquer empresa trabalhem de casa. Em Utah, Ohio, Nova Jersey e Louisiana, os clientes não podem sentar-se em restaurantes ou bares - todos os alimentos devem ser pedidos por delivery (to go). Trump diz que “é o maior desafio desde a 2ª Guerra Mundial”, uma vez que, no pior cenário, a taxa de desemprego no país pode chegar a 20% (para se ter uma ideia, na crise de 2008 foram 10%).

Espanha: O governo ordenou que as pessoas não saiam de casa, exceto para o trabalho ou para a compra de itens essenciais nos supermercados.

França: Todas as lojas "não essenciais", como restaurantes e cafés, foram ordenadas a fechar as portas.

Itália: Em um cenário de filme pós-apocalíptico, são mais de 10 dias de quarentena para o país inteiro. Quem sair de casa sem um motivo essencial pode ser condenado a crime de epidemia culposa, com pena prevista de até 12 anos de prisão (ainda assim, 40% da população de 10 milhões de pessoas na região da Lomardia se movem diariamente). Já são mais de 30 mil contagiados e 2 mil mortos catalogados.

Reino Unido: o primeiro-ministro Boris Johnson foi criticado por implementar restrições mais leves do que seus demais países europeus. A secretária de saúde do país defendeu a abordagem, mas os casos aumentaram 43% no último sábado.

“Nosso time está ganhado de goleada", diz Bolsonaro

BRASIL

Essas foram as palavras do presidente Jair Bolsonaro durante pronunciamento oficial na tarde de ontem (quarta-feira): “Duvido que quem vier me suceder um dia – acho muito difícil – consiga montar um equipe como eu montei. E tive a coragem de não aceitar pressões de quem quer que seja. Então, se o time está ganhando, vamos fazer justiça, vamos elogiar seu técnico, e o seu técnico chama-se Jair Bolsonaro”, declarou.

Segundo a última atualização, após a viagem de Jair aos Estados Unidos, já são 17 as pessoas que estiveram na viagem e contraíram coronavírus. No entanto, os dois exames feitos pelo presidente deram negativo.

Além do segundo dia de panelaço consecutivo e uma aparente revolta de eleitores, esses foram os outros destaques em nosso país:

São Paulo: A Secretaria Estadual da Saúde do estado confirmou ontem mais três mortes em decorrência do coronavirus. Todos são de homens, com problemas de saúde anteriores e idades de 65, 81 e 85 anos e foram atendidos em hospital privado da capital. Como resposta, a prefeitura ordenou o fechamento de lojas a partir de sexta-feira. A medida exclui estabelecimentos como farmácias, restaurantes, supermercados e postos de gasolina. Deliverys continuam.

Rio de Janeiro: O governo anunciou a construção de 3 hospitais de campanha para desafogar unidades que recebem doentes do COVID-19. A previsão é que a unidade no Rio Centro conte com 500 leitos. O estado catalogou 63 casos do novo Coronavirus (55 casos na capital, 6 em Niterói, Barra Mansa 1 e Guapimirim 1). O governador Witzel considera suspender contas de água e luz por 60 dias.

Minas Gerais: Depois da primeira confirmação de transmissão comunitária (aquela em que alguém é infectado sem ter ido a uma região de risco), a prefeitura de BH suspendeu o funcionamento de bares, boates, academias, clubes, salões de beleza e até shopping centers a partir do dia 20 de março. A suspensão se dá por tempo indeterminado na luta contra o vírus. Minas possui 19 casos confirmados. Estado receberá da União R$ 40 milhões para a saúde.

Como ser produtivo trabalhando em casa

ESTILO DE VIDA

As coisas estão prestes a ficar estranhas. No entanto, como praticamente todas as citações motivacionais genéricas nos lembram, viver é muito mais reagir ao que te acontece do que com aquilo que te acontece propriamente dito. Com isso em mente, passamos algum tempo compilando tudo o que você precisa para permanecer um membro funcional da sociedade enquanto trabalha na sua sala de estar.

1) Crie um “escritório”

O ambiente diz muito sobre a sua produtividade. A concorrência de distração em casa é maior do que a que você possui no escritório, apesar de que em casa você não tem aquele coworker prego que te interrompe o tempo todo. Por isso, encontre um lugar confortável, mas nem tanto a ponto de querer relaxar.

2) Uma boa música pode fazer toda diferença

Recomendamos a playlist do Spotify Lo-fi Cafe ou as músicas que costumam tocar num Starbucks Coffee. Para os amantes de Suits, as músicas do Harvey também aumentam a produtividade expressivamente ou, ao menos, te fazem se sentir bem sucedido. risos.

3) Evite interrupções

Home office exige disciplina. Bloqueie sua agenda e simule como se estivess no escritório efetivamente. Uma boa dica para se manter produtivo é a técnica pomodoro em que você se mantém hiper focado por 25 minutos e descansa por 5 minutos. Vale muito a pena experimentar.

Uber suspende opção de viagem compartilhada para limitar a disseminação de coronavírus e fornece auxílio financeiro

TECNOLOGIA

A Uber suspendeu sua classe de passeios compartilhada 'Uber Juntos', anunciou a empresa na terça-feira. A opção “Uber Juntos” é a funcionalidade que permite que até três passageiros em um veículo com base em seu destino. O "objetivo da empresa é ajudar a achatar a curva do vírus".

A medida, por enquanto, não se aplica no Brasil, apenas nos EUA e Canadá. Aqui, a Uber anunciou que irá fornecer ajuda financeira aos motoristas que testarem positivo para COVID-19 ou que apresentarem qualquer sintoma do vírus. O valor será calculado de acordo com a média de remuneração diária do motorista nos últimos 6 meses utilizando o app. O auxílio será fornecido por 14 dias. Way to go, Uber!

“Voucher” para trabalhadores informais

ECONOMIA

Após anúncio do primeiro pacote de ações do governo brasileiro contra os impactos do coronavírus sem qualquer menção aos mais de 40 milhões de trabalhadores informais, nova medida proposta pelo Ministro Paulo Guedes propõe auxílio emergencial de R$ 200 mensais, durante três meses.

O dinheiro poderá ser resgatado por meio de um cartão virtual junto aos bancos públicos ou depositado na conta bancária do beneficiário, não podendo ser cumulado com outros benefícios sociais, como Bolsa Família, aposentadoria ou seguro-desemprego.

O que mais movimentou a economia:

OBRIGADO!

E nesse primeiro dia de outono, uma nova estação, começamos um novo projeto: the news, um braço do #EMCONSTRUÇÃO que tem por objetivo te trazer tudo que você precisa saber para começar o seu dia. Esperamos que tenha se tornado mais informado nesses 5 minutos que passou lendo o que preparamos nesse ponta pé inicial.

Notícias, de fato, relevantes sobre as principais atualidades do mundo, do Brasil, tecnologia e do mercado financeiro, sempre nessa ordem. Sempre simples, sempre úteis e enviadas logo pela manhã, para que você tome nota junto com seu café.

Compartilhe as notícias de hoje com os amigos, clicando no botão abaixo! Essas notícias podem fazer o dia de alguém melhor! Amanhã tem mais! É só conferir seu e-mail.